Quem sou eu

Minha foto
Cabreúva, SP, Brazil
A EXPRESSÃO DA ARTE É A CHAVE PARA A INDIVIDUALIDADE. SEJA VOCE MESMO E ORGULHE-SE DISTO. AS POSSIBILIDADES SÃO INFINITAS...

26 de nov de 2008

Pathcolagem

Pano de copa com galinha em pathcolagem, agora todo caseado. Eu o dei de presente para minha amiga Paula Ficou bem fofa essa galinha carijó ou d'angola

24 de nov de 2008

Pathcolagem

Terminei de colar a galinha no pano de copa, agora falta fazer os caseados para acabamento Neste pano não fiz barrado de crochet, usei uma renda de bilro muito antiga, que comprei em Florianópolis, deve fazer mais de 20 anos

Minhas gatas

A Mônica não gostou muito que eu a acordasse para fotografar e, de birra, escondeu o rosto, pode isso?

Rosa

Que linda rosa! E a pequena aranha estava lá para provar que é a mesma rosa Agora à tarde a mesma rosa estava assim.............. Pela manhã esta rosa estava desabrochando Tinha uma pequena aranha nela..........

Minhas gatas

Esta é a Mônica, dormindo em cima do scanner, enquanto trabalho no computador E está é a Pititica, a mais velha de todos meus gatos, está com quase 15 anos

Antúrio

Esta já está deixando as sementes cairem, fechando o ciclo da natureza Uma flor se abrindo................

E a Primavera continua

Estas são flores dos antúrios grandes, com flores cor de rosa

Primavera

Estes são alguns do meus mini antúrios vermelhos E a primavera continua, o pé de lágrimas de cristo também está lindo e atraindo muitos beija-flores

19 de nov de 2008

MINIATURAS DE CROCHE

As mini abóboras eu fiz pesquisando em vários blogs, primeiro no da professora Elaine: http://elainecroche.blogspot.com/ Segundo no blog da Valéria : http://valpontoselinhas.blogspot.com/ E por último no blog da Vânia Dias: http://fazendocroche.blogspot.com/ , onde tem a receita de várias frutinhas.

CRINOLINE, DAMAS DE CROCHE

Vejam que fofo o barradinho de croche com as mini abóboras ou morangas, ficou perfeito para o HALLOWEEN, Dia das Bruxas Vejam também o detalhe da máscara da bruxinha, que charme! Foi bem trabalhosa, mas eu adorei fazer.

Dia das Bruxas - Halloween

Como eu havia prometido, estou postando o pano de copa para o Dia das Bruxas - Halloween, do ano que vem, é claro, porque deste ano já foi Como resolvi colocar mini abóboras no barrado, demorou um pouco mais para ficar pronto

18 de nov de 2008

Gráfico do Tapete de croche vinho

Tirei duas fotos do gráfico, mas voces podem perceber que ele tem alguns erros nas distâncias entre os motivos bordados com a cor contrastante Com um pouco de esforço dá para fazer seguindo mais pela foto do que pelo gráfico

Tapete de croche vinho

Muitas pessoas me pediram o gráfico do tapete vinho que postei em 15/03/2008 A idéia foi tirada desta revista, mas voces podem perceber que eu aumentei mais um motivo para ficar maior

Orquidea Amarela

O conjunto dessas flores, folhas e raízes é realmente lindo A natureza produz tudo com perfeição e não nos cobra por isso, apenas temos que ter cuidado e carinho com ela

Orquídea Amarela

Um dos muitos planos para a nova etapa da minha vida é dar mais atenção às minhas plantas e acho que elas já estão me dando as boas vindas

17 de nov de 2008

COPO DE LEITE AMARELO

Confesso que fiquei emocionada quando vi essa flor tão singela e tão linda O contraste das folhas verdes pintadas de branco com a flor amarela, é maravilhoso ! Espero que todo ano ela me dê mais flores como esta!

Primavera

A Primavera chegou na minha casa agora; hoje de manhã vi o 1º COPO DE LEITE AMARELO, que floriu 3 anos depois de comprado. Eu comprei os bulbos na EXPOFLORA de HOLAMBRA, plantei e todo ano eles brotavam e davam só folhas e hoje descobri esta linda flor.

10 de nov de 2008

ANIVERSÁRIO DE CASAMENTO

HOJE, 10 DE NOVEMBRO DE 2008, ALÉM DE SER O 1º DIA COMO APOSENTADA ( DE VERDADE ), LÚCIO E EU FAZEMOS 29 ANOS DE CASADOS, MAIS 6 DE NAMORO....... SÃO 35 ANOS JUNTOS, É MUITO TEMPO, MAS VAMOS COMEÇAR UMA NOVA ETAPA DA NOSSA VIDA, COMO FOI NO DIA 10 DE NOVEMBRO DE 1979.

8 de nov de 2008

APOSENTADORIA

Amigos, afinal chegou a minha........ APOSENTADORIA TÃO SONHADA (Wanderlino Arruda) Aos poucos, quando vem chegando o final da carreira, é começar a pensar na sempre tão sonhada situação de aposentado, fazer o exame de consciência necessário para interpretá-la compreendê-la, saboreá-la por antecipação. Parece que não existe trabalhador que não pense, não sonhe com o que chama de merecida aposentadoria.Conheço gente que tem quatro ou cinco anos de carteira assinada e já fala nos dias futuros em que não mais terá de assinar o ponto todas as manhãs, aquela vocação de quem não nasceu para as amarras doassalariado, que todo empregado é, seja humilde, seja granfino. De mansinho vem a idéia de interpretação se realmente a aposentadoria é mesmo um prêmio.Francamente, não sei se a aposentadoria não seja mais um castigo, algo de punição para modificar hábitos, desorganizar arraigados modos de vida, avacalhar o coreto do dia-a-dia dos trabalhadores e das famílias. Já imaginou, de uma hora para outra, não ter o que fazer? Ficar o dia todo dentro de casa, aranhando, vivendo sem pressa, desarrumando e arrumando papéis velhos, passando a toda hora perto das panelas na cozinha, beliscando, comendo antes do horário? Ou, de forma diferente, tendo de viver o dia todo no Quarteirão do Povo, de pé, conversando as mesmas conversas, "resolvendo" eternamente os mesmos problemas que os governos nunca resolvem? Francamente, minha senhora, não sei! O conselho de quem sabe e já passou pela experiência é que o problema menor do aposentado é a questão financeira. Nessa até que se dá jeito, podendo ser reforçada com alguns "bicos" aqui ou ali. O que precisa ser suportado com galhardia é o descompasso violento entre algumas obrigações e a ociosidade. Há de haver uma preparação psicológica e espiritual para receber os acontecimentos nunca como castigo, descobrir as regalias, interpretar tudo como prêmio merecido, abrir opções de lazer, visitas possíveis e quenão incomodem os visitados, prática de alguns esportes também possíveis e, sobretudo, a consciência do que não pode ou não deve ser feito. Em todo caso, vejamos alguns pontos positivos para os aposentados, nas palavras de um colega de muita experiência no assunto. O primeiro e mais agradável é a desobrigação dos horários rígidos, da responsabilidade de sentir-se sempre como peça importante de uma máquina que nunca pára, o que costumo chamar de servidão do relógio, disciplina, administração do tempo. Depois, há os favorecimentos da liberdade do ir e vir, do alimentar-se, do dormir na hora que mais convém, do não ter pressa, de ter todos os dias como domingos e feriados, do direito de tomar sol ou esconder-se do frio. Melhor, do viajar, de chegar e sair sempre que pedir licença.Assim é a vida. Até as coisas boas trazem problemas. Se todos nós preocupamos tanto com o muito fazer, por que esquentarmos a nossa cabeça com o "dolce farniente", com o papo pro ar, a perna pra cima? Melhor aprender a suportar a realização dos sonhos. Isso, afinal, até que é bom!